Impressão 3D com Resina: entenda como funciona

Muitas pessoas tem dúvidas sobre a Impressão 3D com resina. Acontece que essa é uma técnica mais característica que a Impressão 3D “comum”, o que desperta a curiosidade e a atenção de todos os envolvidos nesse mundo. Acompanha este artigo que vamos apresentar todas as características desse tipo de impressão.


Impressão 3D com Resina

Existem muitos métodos de Impressão 3D disponíveis hoje em dia, e um dos que vem chamando atenção das indústrias, empresas e profissionais da área é a com Resina 3D. Essa característica está cada vez mais conhecida, principalmente pela capacidade de produzir protótipos e peças com alta precisão, qualidade e detalhes, tudo isso com um acabamento suave e visivelmente diferente dos demais tipos de impressão. Por essa alta da Impressão 3D com resina, muitas dúvidas surgem sobre o assunto, e o nosso objetivo com esse artigo é esclarecer todas elas. Continue a leitura!

Então, como funciona a Impressão 3D com resina?

Precisamos iniciar esse conteúdo explicando que existem duas técnicas de utilizar Resina 3D na impressão: SLA (estereolitografia) e DLP (processamento digital de luz).  A impressão 3D com resina, em ambas técnicas, tem suas características: A Resina (líquido) é solidificado quando a Luz UV entra em contato, ou seja, as camas são endurecidas até formar o modelo 3D final. Acontece que a Impressora 3D, por sua vez, contem vários componentes. A bandeja, onde o usuário precisa colocar a Resina 3D para iniciar a impressão. O prato, onde a resina é colocada quando o objeto já estiver sólido. E um pequeno computador, dentro da própria impressora, que é o responsável por configurar a impressão. Na prática, as técnicas de Impressão com resina acontecem da seguinte forma: O computador dentro da impressora envia um comando, especificando qual será o formato impresso. O espelho da SLA é o responsável por refletir a luz para a resina, enquanto o prato se movimenta (subindo e descendo), para formar o modelo 3D desejado. É o contato da luz com a resina que traz a suavidade nos acabamentos e os detalhes característicos desse tipo de impressão.

Para quem é indicado?

Agora que você sabe como funciona a Impressão com resina, suas principais características, chegou o momento de apresentarmos as indicações para esse tipo de impressão. Acontece que, por seu alto nível de qualidade e, principalmente, maior resistência nos modelos impressos, a Impressão com resina é indicada para os profissionais que desejam criar modelos e protótipos com o máximo possível de resolução e detalhes. Falando na prática, quem se beneficia bastante com esse tipo de impressão são os médicos e dentistas, criando modelos realistas, únicos e extremamente resistentes para suas operações.

A melhor Resina 3D para suas impressões

Nós, da 3D Fila, entendemos as necessidades do mercado. E, exatamente por esse motivo, disponibilizamos uma ótima Resina 3D, desenvolvida para impressoras que utilizam a tecnologia de processamento digital da luz (DLP) para ter o melhor resultado na impressão de protótipos em geral, desenvolvimentos de produtos finais e modelos odontológicos, que exigem alta qualidade. Nossa resina 3D apresenta alta velocidade de polimerização, alcançando grande velocidade de cura sem abrir mão da qualidade final da impressão!

[button size=”medium” style=”primary” text=”Saber Mais” link=”https://3dfila.com.br/produto/resina-3d-para-impressora-3d/” target=””]

6 comentários

  1. Poderia ter mais cores da resina cristal.
    ou 5cores principais e quem conhece a mistura das cores paderia fazer sua própria cores eu trabalhei e grafica sei fazer muista cores

  2. Poderia ter mais cores da resina cristal.
    ou 5cores principais e quem conhece a mistura das cores paderia fazer sua própria cores eu trabalhei e grafica sei fazer muista cores

  3. Estou utilizando a resina de vocês e estou bem satisfeito. Gostaria de saber se após a cura de uma peça impressa com resina básica poderia ter contato com alimentos. Ou qual seria a resina indicada para este fim.

    • Oi Sidnei! Obrigado pelo seu comentário! Tanto para termofixos (resinas), quanto termoplásticos (filamentos) não recomendamos o contato com alimentos. Recomendamos que usem uma resina de revestimento própria para alimentos / silicone para alimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *