Importantes inovações na Impressão 3D de comida

Uma área que recentemente começou a ser explorada no universo desta tecnologia de manufatura aditiva é a impressão 3D de comida.

Carne cultivada em laboratório

Certamente haverá alguma resistência entre os carnívoros, principalmente entre os gaúchos. Você já se imaginou saboreando uma picanha feita em laboratório? É provável que isso esteja a alguns anos de distância no momento, mas a carne desenvolvida e fabricada em laboratório pode ser a solução para comer carne de verdade sem nenhuma crueldade. Sem dúvidas será muito bem visto pelos ativistas pró-animais.

Carne feita com Impressora 3D

A fonte de proteínas poderá ser processada em impressoras 3D. Isso significa que haverá consumo de carne real livre de crueldade no futuro.

O emprego desta tecnologia será ideal para veganos que ainda apreciam o sabor da carne, mas acreditam ser moralmente impossível comê-la sabendo da sua origem animal atual.

Solucionar a escassez de alimentos no mundo

Um dos problemas mais sérios do mundo se deve à incapacidade de produzir alimentos suficientes e a um preço acessível, para alimentar todos. No Brasil não enxergamos esta mazela tão facilmente já que é considerado o celeiro do mundo. Por mais que tenhamos a consciência da pobreza de algumas regiões em nosso país, ainda existem situações mais complicadas que a nossa. No momento, existem muitos países que não têm capacidade de produzir alimentos baratos.

Esta dificuldade pode ocorrer pela falta de terra agrícola adequada ou à baixa capacidade agrícola para cultivar a terra disponível. A impressão 3D chega para criar uma alternativa à produção de alimentos como conhecemos.

Muitos cientistas acreditam que empresas de tecnologia de ponta, como a Redefine Meat, estão liderando o caminho nessa área. Pode se tornar a verdadeira maneira de garantir que ninguém passe fome. A base para estes alimentos está na utilização de fontes proteicas e de vitaminas que normalmente não são consumidos abertamente, como insetos, tal como os grilos e gafanhotos para criação de compostos alimentares.

Alguns economistas acreditam que este é o primeiro passo para uma sociedade pós-escassez. O mundo obviamente funcionará de forma diferente e a impressão 3D de comida será uma ferramenta muito importante.

Alternativas veganas de alta qualidade

Uma das maiores experiências durante a alimentação está na textura do alimento. E vamos ser francos, as comidas veganas ainda estão bem longe de serem apetitosas em qualquer sentido, seja ao paladar, visão ou olfato. A impressão 3D chega para ajudar na experiência das comidas veganas.

Até que o paladar não é um dos maiores problemas, já que existe alguma variedade, mas as texturas sim. A impressão 3D é capaz de fazer é criar texturas mais complexas em alternativas de carne à base de plantas.

Biscoito ou bolacha com impressão 3d

A impressão 3D é realmente capaz de oferecer ao consumidor uma qualidade maior de alimentos. Imagine uma picanha perfeita, mas sem crueldade, a impressão 3D significa que isso não é mais um sonho.

Qualidade do alimento

A impressão de comida significa que podemos criar carnes e outros alimentos balanceados para cada tipo de dieta. Podemos controlar o nível de sódio, açúcar, cálcio e outros elementos individualmente. Uma das maiores belezas e destaques da impressão 3D é sem dúvidas a personalização.

Já existem impressoras de alimentos e estão sendo comercializadas. Um dos maiores exemplos é a Foodini que pode ser comprada por USD 6.000,00 e é fabricado pela Natural Machines e é capaz de imprimir chocolate, massas e outros alimentos com base pastosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *